Pular para o conteúdo
Voltar

Governo realiza projeto para que filhos de servidores conheçam o Paiaguás

Andrey Henrique l AGER/MT

A | A

Em homenagem ao Dia do Servidor Público, comemorado em 28 de outubro, o Governo do Estado está com as inscrições abertas para o projeto Servidor Mirim. A ação consiste em oferecer aos filhos dos servidores públicos a oportunidade de visitar a sede do Governo do Estado.

As visitações ocorrerão entre os dias 23 e 27 de outubro, sempre às 9h. Os servidores interessados em trazer seus filhos para conhecer o Palácio Paiaguás devem entrar em contato com o Cerimonial do Governo para fazer o agendamento no telefone 3613-4160.

As crianças irão visitar o auditório Cloves Vetoratto, onde receberão um kit e uma breve explicação sobre o Estado. Logo depois, elas seguirão para o auditório Ponce de Arruda onde assistirão ao filme “Somos todos João”, uma produção do Gabinete de Comunicação que conta a história de um rapaz de 14 anos que decide, junto com seus colegas, dar aulas de história para adultos e dessa forma modificam o meio onde vivem através do acesso ao conhecimento.

Na sequência, haverá a Atividade da Transformação: Você criança, um agente transformador! Essa atividade consiste na elaboração de projetos que irão transformar a comunidade onde a criança vive. Pode ser um projeto dentro da escola como a criação de uma horta ou a organização da biblioteca para que ela se torne mais atrativa, no bairro, como uma feira de usados e cuidados com a praça, ou na cidade com a promoção de arte na rua, com grafites ou grupos de dança e de esporte.

Ao final, eles seguem para a visita ao Gabinete do Governador do Estado.

Segundo a coordenadora da ação e chefe do cerimonial do Governo, Dayse Franzon, o Servidor Mirim será baseado no projeto Transformadores, que consiste na visitação de alunos de escolas públicas e particulares ao Palácio Paiaguás. A iniciativa já levou cerca de 700 alunos à sede do Governo do Estado. “Buscamos com essa ação valorizar a idéia dos jovens transformadores. Queremos trazer para dentro do Governo um público diferente e abrir as portas para a população”.