Pular para o conteúdo
Voltar

Ager-MT avança mais uma etapa do Projeto de Modernização

ASCOM/AGER-MT

ASSESSORIA - Foto por: ASCOM/AGER-MT
ASSESSORIA
A | A


A Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados Ager-MT, avançou mais uma etapa do projeto de modernização da AGER, com a implantação do Talonário Eletrônico de Multas um importante item do projeto que representa um marco histórico na evolução digital da agência. 

Na prática, o  sistema vai minimizar erros no preenchimento dos autos, a integridade das informações registradas e a principal vantagem desse sistema é agilizar o processo de fiscalização, os documentos preenchidos em campo são encaminhados para a Ager-MT, e depois direcionado ao fiscalizado na situação atual. 

Com o sistema em funcionamento, será permitido o envio assim que o dispositivo móvel conectar a uma rede de internet, reduzindo drasticamente o período de notificação da fiscalizado, como esclareceu o presidente Regulador da Ager-MT, Luis Alberto Nespolo.

“Este projeto de modernização contempla itens de inclusão digital, através da modelagem, integrações e desenvolvimento de seu sistema de informação  e também itens de evolução da capacidade regulatória. Este projeto foi apresentado e aprovado junto ao executivo estadual integrando as ações do Mais MT, sendo o TEM uma das entregas do mesmo.” pontuou o presidente Regulador

O novo sistema  ainda permite  substituir o papel para o meio eletrônico, no qual os fiscais do Sistema de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros do Estado de Mato Grosso (STCRIP-MT) da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Ager-MT) que vão atuar em sua atividade de fiscalização em campo com uso de um aplicativo.

O diretor de Transportes e Rodovias, Paulo Henrique Monteiro Guimaraes analisa que o Talonário Eletrônico de Multas representa um importante passo para a modernização da AGER, iniciando na área de transportes de passageiros, ele ainda ressaltou que o sistema vai propiciar uma melhor aplicação das penalidades previstas na legislação. 

“Espero que as autuações sejam feitas da melhor maneira, reduzindo o número de falhas relativos ao preenchimento manual, o que contribui para a redução das anulações dos autos de infração e apreensão. Naturalmente alguns ajustes serão necessários, estamos iniciando em uma fase de testes. Foi feito um primeiro treinamento para a equipe de fiscalização da Coordenadoria de Transportes Rodoviário. O processo de modernização da AGER envolve, além do Talonário Eletrônico de Multas, um sistema para que as empresas também possam apresentar as suas defesas das autuações. O objetivo é que Ager entre definitivamente na era digital, e esse é o primeiro passo que atual Diretoria Executiva Colegiada concretizou na sua gestão”, finalizou o diretor.

O ato de lançamento do Talonário Eletrônico de Multas aconteceu dia  (21) deste mês, no auditório do Posto Avançado de Atendimento da Ager, localizado no Terminal Rodoviário, Cássio Veiga de Sá, em Cuiabá.