Pular para o conteúdo
Voltar

Ager-MT inicia o teste do TEM (Talonário Eletrônico de Multas)

O Sistema será apresentado e entregue no dia 21 de Julho, quando já começa a fase de uso assistido em campo
ASCOM/ Ager-MT

- Foto por: ASCOM/ AGER-MT
A | A

O Talonário Eletrônico de Multas é um sistema que permitirá substituir o papel para o meio eletrônico, no qual os fiscais do Sistema de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros do Estado de Mato Grosso (STCRIP-MT) da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Ager-MT) vão atuar em sua atividade de fiscalização em campo com uso de um aplicativo.

 

       “Em campo, o fiscal caso encontre alguma irregularidade, poderá confeccionar a notificação, a multa ou a apreensão pelo aplicativo com o uso de um aparelho Tablet, e ao finalizar seu preenchimento enviará para a  Ager o documento gerado no ato, além das informações contidas no formulário padrão que, hoje é de preenchimento manual,  o sistema possibilita também  acrescentar evidências por meio de fotos, vídeos e coordenadas geográficas”, explicou o coordenador de Tecnologia de Informação da Ager-MT, Vinicius Gorgonho.

 

O objetivo da implantação do sistema é a diminuição de erros no preenchimento dos autos, a integridade das informações registradas e a principal vantagem desse sistema é agilizar o processo de fiscalização, os documentos preenchidos em campo são encaminhados para a Ager-MT, e depois direcionado ao fiscalizado na situação atual. Com o sistema em funcionamento, será permitido o envio assim que o dispositivo móvel conectar a uma rede de internet, reduzindo drasticamente o período de notificação da fiscalizado.

 

"A implantação do Talonário Eletrônico de Multas é um importante item do projeto de modernização da AGER cuja a entrega representa um marco histórico na evolução digital da agência. Este projeto de modernização contempla itens de inclusão digital, através da modelagem, integrações e desenvolvimento de seu sistema de informação e gestão regulatória e também itens de evolução da capacidade regulatória. Este projeto foi apresentado e aprovado junto ao executivo estadual integrando as ações do Mais MT, sendo o TEM uma das entregas do mesmo.” pontuou o Presidente Regulador

 

"Estamos na fase de teste internos na área de tecnologia e na sequencia com os fiscais do STCRIP onde se pretende adaptar a atividade de fiscalização com a utilização do equipamento tablet buscando possíveis melhorias para o sistema e assim praticar o uso efetivo. Baseado na experiência desta implantação no STCRIP poderemos futuramente adequar o TEM para as demais áreas de fiscalização da Ager” finalizou o analista de TI, Paulo Krein.