Pular para o conteúdo
Voltar

NOTA DE ESCLARECIMENTO: Prisão de Servidor

Ascom | Ager-MT

- Foto por: Ascom/Ager
A | A

Acerca da prisão de um servidor da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos de Mato Grosso (Ager-MT), lotado na Coordenadoria Reguladora de Transporte Rodoviário, preso em flagrante pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) nesta quarta-feira (18), a Ager vem a público esclarecer:

 

-  Que lamenta o envolvimento de um servidor do estado em qualquer tipo de crime, praticado no exercício da sua função;

 

-  Além do afastamento do servidor no exercício da função de fiscalização, a fim de não prejudicar a apuração da irregularidade, podendo ser colocado à disposição para outras atribuições que não resultem em prejuízo às investigações;

 

- Esclarece também que, como se trata de crime, a Ager-MT irá instaurar o devido PAD (Processo Administrativo Disciplinar) resguardando o direito da ampla defesa e ao contraditório das partes envolvidas;

 

-  A Agência Reguladora reafirma o compromisso da atual gestão com as investigações e possíveis punições e defende as apurações rigorosas.