Pular para o conteúdo
Voltar

Em menos de um mês empresa tem ônibus apreendido em Cuiabá

Ascom | Ager-MT

- Foto por: Ascom -Ager MT
A | A

A empresa Gontijo em menos de um mês teve outro ônibus de sua frota apreendido pelos fiscais da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos de Mato Grosso (Ager) por venda ilegal de bilhete de passagem dentro do Estado. A fiscalização ocorreu na manhã desta quinta-feira (14), no Terminal Rodoviário Engenheiro Cássio Veiga de Sá, em Cuiabá. 

 

Há menos de um mês, um ônibus da empresa Gontijo tentou fugir com o veículo durante uma operação de fiscalização da Ager, com isso foram intensificadas as fiscalizações. Dessa vez, 25 passageiros foram afetados com a venda ilegal das passagens, eles seguiam para São Paulo e Uberlândia.  A empresa detida teve que os realocar os passageiros.

 

De acordo com o coordenador de Transportes da Agência Reguladora, Fernando Gadenz, essa situação vai acontecer até que as empresas entendam que elas não estão acima da Lei, que é necessário que se cumpra o que está estabelecido nos contratos para que não haja prejuízos para nenhum regulado.

 

“Além de manter o contrato saudável, a Ager preza pela segurança do usuário do transporte, já que, no transporte clandestino é impossível assegurar esses direitos. Além da fiscalização punitiva fazemos também a orientativa que tem por objetivo minar com a ação das empresas que trabalham de forma ilegal dentro do Estado. Trabalhamos para que as pessoas busquem o transporte regulado pela Ager, só assim terá certeza da segurança no translado, qualidade no serviço e a garantia de um preço justo”, falou.