Pular para o conteúdo
Voltar

Empresa peruana solicita guichê na rodoviária de Cuiabá

Ascom | Ager-MT

- Foto por: ascom
A | A

A Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Mato Grosso (Ager-MT) recebeu na manhã desta segunda-feira (26) a maior linha de ônibus do mundo que passa pelo Brasil, operado pela empresa peruana Expresso Internacional Ormeño S.A., que liga as cidades de Lima, no Peru. A reunião foi para discutir a criação do guichê de atendimento no terminal rodoviário de Cuiabá Engenheiro Cássio Veiga de Sá. A empresa já possui autorização para trabalhar no Estado.

Em São Paulo, onde há parada, é onde embarcam o maior número de passageiros. Depois o veículo segue para Cuiabá, Porto Velho, Rio Branco e então cruza a fronteira, chegando ao Peru, mais precisamente em Inha Pari.

Segundo o presidente da Ager, Fábio Calmon, a empresa Ormeño já inicia as tratativas da maneira correta, buscando o alinhamento entre os órgãos competentes para trabalhar dentro do Estado.

“Estamos alinhados com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (SINFRA) e a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) cada um analisando o que lhe cabe. O terminal rodoviário, guichês estão sob competência da SINFRA com o apoio da Ager-MT. A Agência Reguladora não medirá esforços para que o transporte internacional seja realizado qualidade, segurança e conforto para o cidadão”, disse o presidente.

Ao todo, essa viagem possui 4.000 km e dura cerca de 5 dias. Possivelmente, o ônibus utilizado deve ser do modelo Comil Campione DD (Double Decker), considerando que a empresa possui esse modelo em sua frota.

Conforme o empresário Oscar Vasquez Solis, dono da empresa de transportes Ormeño, a linha que já passava por Cuiabá tinha autorização para embarque e desembarque só não havia formalizado o pedido do guichê com os órgãos competentes.